Fatores que influenciam negativamente a saúde das pernas

Muitos fatores podem influenciar desfavoravelmente a saúde das pernas. Eles podem incluir fatores do seu estilo de vida, como atividade reduzida, obesidade e/ou tabagismo. Outros fatores influentes também podem incluir idade avançada, sexo, alterações hormonais e histórico familiar de distúrbios venosos. Nestes casos, os produtos de compressão podem ajudar a manter a saúde das pernas. Fatores como cirurgia e viagens de longa distância contribuem para o aumento do risco de desenvolvimento de trombose venosa profunda (TVP). O uso de produtos de compressão graduada pode impedir o desenvolvimento de TVP.

Factors that impede leg health

Fatores de estilo de vida

Obesidade relacionada com o estilo de vida

A obesidade é um fator de risco crítico para o desenvolvimento de distúrbios vasculares, incluindo todos os tipos de doenças venosas dos membros inferiores.  

Estilo de vida sedentário 

A atividade física reduzida pode levar ao aparecimento de sintomas frequentes nas pernas, como peso, dor e edema, e a doenças venosas mais graves, como trombose venosa profunda (TVP), que é quando um coágulo se forma em uma ou mais veias profundas em seu corpo, geralmente nas pernas.  

Quando suas pernas estão inativas, o sistema de bomba muscular da perna não está funcionando e, portanto, não ajuda o sangue venoso a retornar para cima. Isso pode resultar em centralização ou mesmo coagulação do sangue nas veias de suas pernas, caso haja insuficiência venosa, ou seja, válvulas venosas defeituosas

Tabagismo 

Fumar não é apenas prejudicial para os pulmões, mas também para as pernas. É um fator de risco relevante para doença arterial periférica e para o desenvolvimento de insuficiência venosa de membros inferiores.  

O uso de produtos de compressão pode ajudar 

Além de evitar esses fatores de estilo de vida negativos, os produtos de compressão podem ajudar a manter a saúde de suas pernas revitalizando-as, aliviando os primeiros sintomas como dor, peso e inchaço, e aumentando o retorno venoso.  

Fatores de risco

Idade avançada e histórico familiar 

O risco de desenvolvimento de distúrbios venosos aumenta com a idade, pois as células do sistema vascular também envelhecem. Alterações relacionadas com a idade das paredes e das válvulas venosas podem levar a um declínio na função da válvula. Caso um de seus familiares sofra de doença venosa, você corre risco maior de ser afetado em algum momento de sua vida devido à predisposição genética. Isso ocorre porque variações genéticas específicas que podem ser herdadas aumentam a probabilidade de uma pessoa desenvolver insuficiência venosa crônica ou veias varicosas.  

Sexo e mudança hormonal 

As mulheres são duas vezes mais propensas a desenvolver veias varicosas do que os homens. O hormônio sexual progesterona, um esteróide endógeno, é o principal ingrediente ativo na medicação contraceptiva e naturalmente envolvido no ciclo menstrual e na gestação. Isso leva à perda da tonicidade da parede venosa (a progesterona faz com que as paredes das veias se dilatem). 

Além disso, o risco de desenvolvimento de trombose venosa profunda (TVP) aumenta ao tomar uma medicação contraceptiva e durante a gestação.   

A gestação aumenta o risco de trombose em três a quatro vezes. Uma razão para o aumento desse risco é a hipercoagulabilidade, que provavelmente aumenta para proteger as mulheres contra os desafios de sangramento associados ao parto e ao aborto espontâneo. O risco continua após o nascimento até que os níveis hormonais da mulher retornem ao estado pré-gestação. O maior risco ocorre nos dias e semanas logo após o nascimento. 

Estudos mostram uma forte associação entre gravidez e varizes. Consequentemente, muitas futuras mães apresentam sintomas comuns, como pernas pesadas, cansadas, doloridas e pés e tornozelos inchados. 30% das mulheres grávidas pela primeira vez e 55% das mulheres que tiveram duas ou mais gestações a termo desenvolvem veias varicosas, de acordo com um relatório feito por "Swiss Medical Weekly"

Em mulheres na pós-menopausa cominsuficiênciavenosa crônica, dor venosa parece ser um sintoma comum. Isso ocorre devido às flutuações hormonais e ao fato de que a percepção da dor é geralmente maior durante a menopausa 

O uso de produtos de compressão pode ajudar 

Os produtos de compressão são uma medida preventiva para ajudar a melhorar a circulação geral. Se você tiver uma sensação de dor, peso ou inchaço na perna afetada, os produtos de compressão podem ajudá-lo a aliviar os sintomas.  

Os produtos de compressão ajudam a prevenir o enjoo matinal 

Você sabia que os produtos de compressão também ajudam a diminuir os enjoos matinais? Um estudo recente mostrou que as meias-calças de compressão aliviam os sintomas de náusea e vômito durante o início da gestação. Encomende o nosso mendoza one-pager por e-mail para obter mais informações.

Fatores agravantes

Cirurgia, trauma e viagens aumentam o risco de trombose 

Pesquisas mostram que a cirurgia, o trauma e as viagens de longa distância estão associados ao aumento do risco de trombose venosa. A má circulação sanguínea durante uma cirurgia ou viagens de longa distância ou até mesmo um trauma pode levar à formação de um coágulo (trombose). O coágulo, em alguns casos, pode migrar para os pulmões, resultando em uma embolia pulmonar. Se não for tratado, pode ser fatal. 

A restrição de movimento restringe a circulação sanguínea nas pernas, o que, consequentemente, pode levar a pernas pesadas, dor nas pernas, pés e tornozelos inchados.  

Os produtos de compressão auxiliam após uma cirurgia 

O uso de meias de compressão tem sido recomendado para reduzir o risco de TVP após uma cirurgia. Para mais informações, assista ao nosso vídeo sobre a terapia de compressão e hospitalização.     

O desconforto e o risco de TVP se aplicam a todos os tipos de viagens de longa distância, tanto de carro, trem ou ônibus, e isso pode acontecer com qualquer pessoa, independentemente da idade, peso ou estilo de vida. Uma maneira simples e confortável para ajudar a aliviar os sintomas de pernas pesadas e doloridas e pés e tornozelos inchados durante uma viagem é o uso de meias de compressão graduada. 

Leitura adicional